BID - Base de Informações do Diretório

A Base de Informações do Diretório é um banco de dados lógico que contém informações que o Diretório necessita para realizar seu trabalho. Cada objeto no Diretório é representado por uma entrada no BID. Toda informação sobre um objeto é armazenada na forma de atributos.

As entradas na BID são organizadas em forma de árvore e esta estrutura é denominada AID - Árvore de Informações do Diretório . Os vértices da árvore representam as entradas. As entradas de mais alta ordem (próximas da raiz) usualmente representam objetos tais como países ou organizações enquanto que entradas de menor ordem representam pessoas ou processos de aplicação.

Uma entrada na BID contém mais do que os atributos que formam um NDR de um objeto. Uma entrada também contém uma indicação da classe de objeto (ou subclasse) a qual o objeto pertence. Todos os objetos na mesma classe têm uma ou mais características similares. Classes e objetos podem ser arbitrariamente subdivididas em subclasses e assim por diante, indefinidamente.

Usar classes e objetos simplifica o processo de dar nome e organizar objetos. Existem regras para formar os nomes dos objetos numa classe ou subclasse. Uma subclasse herda regras da classe superior imediatamente acima, que a contém. As regras especificam que atributos são obrigatórios ou opcionais na entrada de uma classe de objetos. As regras também especificam que classes e objetos podem estar subordinadas a uma dada entrada. Por exemplo, pode-se ter uma classe objeto "país" que seria superior aos objetos da classe "estado" ou da classe "organização" no nível imediatamente inferior da árvore. Este segundo tipo de regra é chamado de regra estrutural. Regras estruturais também especificam que atributos associados com uma dada classe devem aparecer no nome distinto relativo da entrada de nível imediatamente inferior. Regras estruturais são armazenadas em entradas junto com a classe e o nome do objeto.

O conjunto de classes de objetos, regras estruturais, tipos de atributos e sintaxes de atributos formam o Esquema do Diretório. As definições no esquema são controladas durante as operações do Diretório.

A Figura abaixo resume os elementos do esquema do Diretório e seus relacionamentos:

Visão geral do Esquema do Diretório

Em função destas regras, ou Esquema do Diretório e possível assegurar que a BID permaneça íntegra quando sofrer modificações que, sem controle, poderiam resultar em entradas inconsistentes, com tipos errados de atributos para a sua classe ou mesmo entradas tendo outras entradas subordinadas a ela mas de classe errada.

O crescimento e a forma da AID, a definição do esquema do diretório e a seleção dos nomes distintos para as entradas, na medida em que elas são adicionadas, é responsabilidade de várias autoridades, cujo relacionamento hierárquico é refletido na forma da árvore. As autoridades devem assegurar, por exemplo, que todas as entradas em sua jurisdição tenham nomes distintos não-ambíguos e isto pode ser conseguido gerenciando cuidadosamente os tipos de atributos e valores que aparecerão em tais nomes. A responsabilidade é passada adiante na árvore, das autoridades superiores para as inferiores e o controle e exercido por meio do esquema.

A figura a seguir mostra uma hipotético exemplo de AID. A árvore fornece exemplos de alguns tipos de atributos usados para identificar diferentes objetos. Por exemplo, o nome:

{ C=GB, L=Winslow, O=Graphic Services, CN=Laser Printer }

identifica a entidade "Laser Printer" a qual tem em seu nome distinto o atributo geográfico de localidade.

Uma hipotética Árvore de Informações de Diretório

 

John Jones, cujo nome é { C=GB, L=Winslow, CN=John Jones } tem o mesmo atributo geográfico em seu nome distinto.


BACK.gif (314 bytes)index.gif (326 bytes)forward.gif (379 bytes)