Operação Distribuída

O Diretório pode ser implementado de uma forma distribuída. As funções de Diretório são providas por dois tipos de entidades abstratas: AUD - Agente do Usuário de Diretórios  e ASD - Agentes do Sistema de Diretórios.

O Agente do Usuário de Diretórios atua em benefício de um único usuário de Diretório. Quando uma pessoa ou processo quer usar o Diretório, interage com seu Agente do Usuário de Diretório. O AUD então desencadeia as ações apropriadas.

As reais funções de Diretório são efetuadas por um conjunto de Agentes de Serviços de Diretórios cooperantes. Um ASD é um aplicação OSI a qual é parte do Diretório e sua função é fornecer acesso à Base de Informações do Diretório para AUDs ou outros AUDs.

Um ASD pode usar informações armazenadas em seu Banco de Dados local ou interagir com outros ASDs para executar pedidos. A figura a seguir mostra o modelo funcional de um Diretório.

fmodel_f4.gif (2884 bytes)

Modelo Funcional de um Diretório

O AUD interage com o Diretório comunicando-se com um ou mais ASDs. Um AUD não precisa estar ligado a nenhum ASD em particular. Ele pode interagir diretamente com vários ASDs para fazer pedidos.

Um ASD pode responder a um pedido de um AUD de diversas maneiras. Se ele pode atender o pedido do AUD por si mesmo, ele toma a atitude apropriada fornecendo ao AUD informação de seu BID. Se não tiver a informação solicitada pode ocorrer uma das seguintes situações:

refarral_6.gif (2713 bytes)

refarral_7.gif (3164 bytes)

refarral_5b.gif (3026 bytes)

O conhecimento de cada ASD deve ser capaz de permitir que ele descubra qual ASD tem qual parcela da BID (Base de Informações do Diretório). No mínimo, cada ASD deve saber como alcançar os seguintes ASDs:

A X.500 assume que nenhum ASD implementará um nodo raiz. Portanto ele requer que todos os ASDs de primeiro nível detenham o conhecimento que o raiz teria, isto é, como encontrar todos os ASDs de primeiro nível.

A resolução das solicitações feitas pelos Agentes do Usuários de Diretório é executada em três fases. Durante a fase resolução de nomes, o pedido é passado de um ASD para outro até que ele alcance o ASD contendo a entrada apropriada. Durante a fase de avaliação, o pedido é respondido. Finalmente a fase de casamento dos resultados começa quando os resultados da fase de avaliação ficam disponíveis. Os resultados são retornados ao AUD nesta última fase.


BACK.gif (314 bytes)index.gif (326 bytes)forward.gif (379 bytes)